domingo, maio 19, 2024
Desde 1876

BNDES destina mais 113 milhões do Fundo Amazônia para apoio a povos indígenas

Com novas iniciativas, valor destinado com exclusividade a povos indígenas chega a R$ 147 mi, desde fevereiro de 2023, quando Fundo foi reativado. Valor é superior ao aportado de 2009 a 2018, período de sua paralisação. No total, já são mais de R$ 300 milhões liberados para este fim.

Ampliação do acesso das comunidades indígenas aos recursos do Fundo é resultado de novas formas de apoio ancoradas na Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas (PNGATI) e viabilizada a partir da retomada do Comitê Orientador do Fundo Amazônia (COFA), em janeiro de 2023.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou R$ 113,7 milhões do Fundo Amazônia para dois novos projetos dirigidos a comunidades indígenas nos nove estados da Amazônia Legal. Com potencial para beneficiar até 332 terras indígenas, os projetos foram elaborados em parceria com a Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab), maior organização indígena do Brasil, composta de federações regionais e associações locais na Amazônia e por 180 diferentes povos. As iniciativas serão anunciadas nesta sexta-feira, 19, em cerimônia comemorativa pelos 35 anos da Coiab, em Brasília.

Com as aprovações, o valor destinado pelo Fundo Amazônia a iniciativas com foco exclusivo nos povos indígenas, desde fevereiro do ano passado, chega a R$ 147 milhões. O valor é maior que os R$ 138 milhões destinados para o mesmo fim entre os anos de 2009 e 2018. Os novos projetos aprovados pelo BNDES, gestor do Fundo, vão fortalecer as organizações indígenas e aperfeiçoar a gestão de suas terras, em linha com as diretrizes da Política Nacional de Gestão de Territorial e Ambiental de Terras Indígenas (PNGATI).

Fonte Agência BNDES de Notícias

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,700SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo