sábado, maio 25, 2024
Desde 1876

“Hidratação é importante para se recuperar da dengue”, orienta nutricionista do HGT

O volume definido pelo Ministério da Saúde (MS) para a hidratação é de 60 mililitros (ml) de líquido por quilo (kg)

O Hospital Geral de Tailândia (HGT) chama atenção para a importância da hidratação no processo de recuperação dos pacientes acometidos por dengue. Especialista aponta que, além do repouso e da alimentação saudável, manter o organismo bem hidratado é uma medida muito importante durante o tratamento da doença, transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, que se desenvolve em água limpa e parada.
 
A nutricionista do HGT, Patricia Manfredi explica que uma das primeiras ações a serem feitas em casos de suspeita de dengue é reforçar a hidratação do corpo. “O consumo de líquidos deve ser iniciado imediatamente aos primeiros sintomas, visto que a doença pode ocasionar uma considerável perda de líquidos. Por isso, é imprescindível a reposição adequada para acelerar o processo de recuperação”.

O volume definido pelo Ministério da Saúde (MS) para a hidratação é de 60 mililitros (ml) de líquido por quilo (kg). Assim, uma pessoa com 60 kg deverá ingerir em torno de 3,6 litros por dia. Nos casos suspeitos de dengue, a prioridade deve ser para a água potável, mas também se recomenda a ingestão de água de coco, sucos, chás, isotônicos e soro caseiro, feito a partir da diluição de uma colher (de café) com sal e duas colheres (de sopa) com açúcar para cada litro de água.
 
Manfredi ainda ressalta que não há remédio específico contra a dengue, o que reforça a importância de uma boa hidratação durante a recuperação. “É importante que o repouso, em conjunto com uma alimentação saudável e medicamentos contra febre e dor, como dipirona, por exemplo, devem ser adotados durante a recuperação”, finaliza a profissional.

SINTOMAS DA DENGUE

Os principais sintomas da dengue são:

• Febre alta > 38.5ºC.

• Dores musculares intensas.

• Dor ao movimentar os olhos.

• Mal estar.

• Falta de apetite.

• Dor de cabeça.

• Manchas vermelhas no corpo.

Sinais de alarme da doença:

• Dor abdominal.

• Vômitos persistentes.

• Acúmulo de líquidos (ascite, derrame pleural, derrame pericárdico).

• Hipotensão postural e/ou lipotímia.

• Letargia e/ou irritabilidade.

• Hepatomegalia maior do que 2cm abaixo do rebordo costal.

• Sangramento de mucosa e.

• Aumento progressivo do hematócrito.

Serviço:O HGT é uma unidade de saúde do Governo do Pará, administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), e fica na avenida Florianópolis, s/n, Bairro Novo. Mais informações pelo fone (91) 3752-31210.

Foto Divulgação

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo