segunda-feira, abril 22, 2024
Desde 1876

Professores de escolas estaduais do Pará são destaque no Prêmio Educador Transformador

Professores de escolas estaduais do Pará foram destaque na 2ª edição do Prêmio Educador Transformador, promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Bett Brasil e Instituto Significare.

O grupo de sete educadores da rede pública estadual se destou em diversas categorias do Prêmio. Dos sete, seis tiveram seus projetos classificados na etapa estadual e um passou para a etapa regional, onde concorre a um pacote completo de participação no Congresso Bett Brasil 2024, incluindo ingresso para quatro dias de congresso, passagens aéreas, hospedagem, alimentação e traslados, certificado de Destaque Regional e um selo digital.

Com o projeto “Robótica com Açaí”, o professor de geografia Renato Alfaia, da Escola Estadual Tempo Integral Abraão Simão Jatene, no município de Cametá, na Região de Integração do Tocantins, conquistou o primeiro lugar na categoria Ensino Médio na etapa estadual e está classificado para a etapa regional do prêmio. Para o docente, a conquista é um grande reconhecimento a todo trabalho desenvolvido.

“Estar classificado representa o reconhecimento por todo o trabalho que foi desenvolvido ao longo do ano de 2023. O projeto ‘Robótica com Açaí’ surgiu a partir do componente Projeto Permanente por Afinidade, ministrado por mim e pela professora Gracilene Caldas. O prêmio é a coroação de um trabalho em equipe,  onde professores, alunos e gestão tiveram papéis importantes. Mostra que a união pode transformar a educação”, disse.

Segundo o professor, o projeto Robótica com Açaí se desenvolveu a partir da junção entre inovação, tecnologia e sustentabilidade. “O açaí é conhecido por ser base da alimentação cametaense, quando surgiu a possibilidade de juntar a paixão pela robótica e a cultura ribeirinha através do açaí, os alunos ficaram eufóricos. Nele, juntamos inovação, tecnologia e sustentabilidade”, explicou o professor que também é especialista em robótica educacional.

Etapa estadual

“A classificação estadual foi incrível, algo que me enriqueceu. Foi relevante conhecer tantos professores fantásticos com projetos transformadores. Me senti valorizada, reconhecida, especial. Gostaria que todos os professores pudessem ter uma experiência assim e um dia serem valorizados como merecem. Todo professor sonha em um dia ser reconhecido por seu trabalho. Faço meu trabalho com amor e dedicação”, relatou a professora Eliude Ramos, da Escola Estadual Maria das Graças Escócio Cerqueira, no município de Itaituba, que foi destaque na categoria Ensino Médio com o projeto “Moda sustentável em Libras”.

Para a professora Raimunda Neuzandes, da Escola Estadual Governador Eurico Valle, no município de Rurópolis, que foi destaque na categoria Ensino Fundamental – Anos Finais, com o projeto “Feira das Regiões do Brasil”,  a classificação na etapa estadual foi uma surpresa muito boa, principalmente pelo que o projeto representa. “A Feira das Regiões do Brasil foi um momento de celebração da pluralidade brasileira, onde cada região foi representada de forma única e especial. Portanto, concluímos que projetos como este  são fundamentais para a formação de cidadãos conscientes e críticos, capazes de valorizar e respeitar a diversidade cultural e geográfica do local e do Brasil, contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa e inclusiva”, frisou a educadora.

Entre os professores que também foram destaque no prêmio na etapa estadual estão: o professor Renato Lourenço, da Escola Estadual Marcílio Dias, em Gurupá, com o projeto “Empreendedorismo e Bioeconomia: pela sustentabilidade gurupaense”; o professor Wagner Barreto, da Escola Estadual Educação Tecnológica do Pará, no município de Salvaterra, no arquipélago do Marajó, com o projeto “Tucupi na cumbuca: diversidade cultural para a merenda escolar”; o professor Francisco Magalhães, da Escola Estadual Osvaldo Cruz, no município de Maracanã, com a aula “passeio interdisciplinar: descobertas além da sala de aula com alunas da EJA”; e a professora Gina Manuelle Cardoso, da Escola Estadual Complexo Educacional e Terapêutico Casa Bem-Te-Vi, em Abaetetuba, com o projeto “Flor de Lótus sabão ecológico e artesanal”.

Prêmio Educador Transformador

O Prêmio Educador Transformador é uma iniciativa que visa reconhecer e valorizar projetos educacionais que promovem transformações significativas na educação brasileira, especialmente no que diz respeito ao empreendedorismo e à inovação. Professores de instituições públicas e privadas de todo o país são convidados a participar, apresentando suas iniciativas que tenham sido implementadas com estudantes de diferentes níveis e modalidades de ensino.

Texto de Fernanda Cavalcante / Ascom Seduc

Fonte: Agência Pará/Foto: Divulgação

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo