quinta-feira, junho 20, 2024
Desde 1876

Escolas recebem repasse para Alimentação do Programa Dinheiro na Escola Paraense

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) liberou, nesta quarta-feira (29), recursos do subprograma “Alimentação”, proveniente do Programa Dinheiro na Escola Paraense (Prodep). Foi realizado o pagamento da parcela para 192 escolas de ensino do Estado, no valor de quase 7 milhões. O investimento é referente exercício de 2024. 

O recurso possibilita autonomia para a gestão escolar para a aquisição de gêneros alimentícios, assim como gás de cozinha, além de dispor sobre a aquisição e manutenção de equipamentos e mobiliários para a preparação, distribuição e fornecimento da merenda escolar. O total repassado foi de R$ 6.915.104,61 para  beneficiar cerca 119.469 estudantes em todo o Pará.

“O Programa Dinheiro na Escola Paraense é uma iniciativa que vem para transformar nossas escolas. Como órgão central, é muito difícil atender simultaneamente a todas as 898 escolas nos 144 municípios, além de considerar cada uma das especificidades das unidades. Com o Prodep, a gestão e a comunidade escolar ganham mais autonomia, celeridade e conseguem resolver na ponta as necessidades mais urgentes, além de potencializar o processo de ensino-aprendizagem. O subprograma Alimentação, além das outras possibilidades do Prodep, é fundamental para suprir todas as demandas das escolas para além do repasse geral que fazemos – que inclusive recebeu um aumento histórico de 416% no ano passado. É mais oportunidade, investimento e autonomia”, disse Rossieli Soares, secretário de Educação do Pará. 

A Escola Estadual Cecília Meireles, no município de Parauapebas, conta com 680 estudantes e é uma das escolas aptas a receber a verba. “Com certeza essa verba vai contribuir muito com a alimentação dos nossos alunos. Os estudantes e suas famílias agradecem, e nós, da gestão, também. Poder proporcionar uma alimentação saudável aos nossos alunos é muito gratificante. Isso impacta positivamente em sua aprendizagem. Acredito que os investimentos que estão sendo feitos na educação do estado do Pará como um todo, são uma iniciativa única e que deve ser ressaltada por todos os envolvidos nesse processo e eu me sinto parte dele”, afirma Crizoneide Chaves, diretora da Escola Cecília Meireles. 

“O recurso é de extrema importância para complementação da Alimentação Escolar fornecida aos nossos alunos. Com ele os Conselhos Escolares poderão adquirir temperos, hortifrutigranjeiros, óleo de soja e similares, com priorização da compra, sempre que possível, de itens “in natura”; gás de cozinha para o preparo da alimentação escolar e, itens para dieta especial, conforme orientações específicas para cada caso”, disse  Luciana Oliveira Silva, Diretora de Suporte Administrativo da Seduc. 

Conselho Escolar – Para que as escolas recebam os recursos enviados pela Secretaria de Estado de Educação, é imprescindível que o Conselho Escolar esteja formalmente regularizado, com as prestações de contas em dia.

Fonte: Agência Pará/Foto: Elizeu Dias/Ascom Seduc

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo