quarta-feira, julho 17, 2024
Desde 1876

Governo do Estado homenageia bombeiros que atuaram no Rio Grande do Sul e entrega novos equipamentos à Defesa Civil

O comandante supremo do Corpo de Bombeiros Militares do Pará, o governador Helder Barbalho, condecorou com medalhas do mérito operacional os 21 bombeiros que atuaram na busca, resgate e salvamento durante a emergência ocorrida no Rio Grande do Sul. A outorga das condecorações ocorreu na manhã desta sexta-feira, 14, no Palácio do Governo.

Os militares, todos com treinamento especializado, viajaram ao sul alguns dias após o início das enchentes no território gaúcho, por designação do Governo do Pará. A atuação integrada foi dialogada junto ao Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (Ligabom) e ao Gabinete de Crise no Rio Grande do Sul.

“O Brasil se mobilizou em torno de reduzir o impacto da dor e sofrimento dos brasileiros atingidos pela catástrofe ocorrida no Rio Grande do Sul. E nos cabe reconhecer o trabalho de nossos valorosos bombeiros que lá estiveram. Estes são exemplos que nós apresentamos da qualidade de nosso Corpo de Bombeiros, mas acima de tudo compreendendo que a solidariedade deve estar em todos nós. Tenho certeza que cada colaborador e colaboradora que recebe essa medalha leva no peito um capítulo da história deste país e que puderam colaborar para diminuir a dor dos irmãos e irmãs que tanto sofreram no Rio Grande do Sul”, declarou o governador. 

Segundo o comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Pará, coronel Jayme Benjó, além do reconhecimento do trabalho, a comenda carrega um sentido especial. “Receber de seu comandante-em-chefe uma comenda do mérito operacional fortalece ainda mais a certeza e convicções que servir ao bem comum é a razão de ser do Corpo de Bombeiros. Ser reconhecido pelo Estado do Pará por relevante serviço que presta, que é o nosso lema que nos mantém a cada dia servindo a população, que é: Vidas alheias e riquezas salvar”, definiu.

Prestígio –  Entre os militares condecorados esteve o major Aluís Palheta Rodrigues, subcomandante do 1º Grupamento de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros. Ele participou da equipe enviada para levar ajuda civil-militar à população do Rio Grande do Sul e define a missão como um grande prestígio.

“Ao recebermos a missão do Rio Grande do Sul, nos sentimos bastante prestigiados, uma vez que o Corpo de Bombeiros treina diariamente para atuar nos momentos em que a população está mais precisando”, diz o militar.

Equipamentos – Durante a solenidade, o chefe do Executivo estadual entregou  novos veículos e equipamentos para o Corpo de Bombeiros e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. Foram entregues 31 viaturas do tipo pick-up para atuação em emergências durante o período de estiagem e outras situações de risco, três motos aquáticas para prevenção balneária e 390 capacetes de salvamento.

“Nós estamos em plena renovação de nossa frota. As novas viaturas estarão no combate a incêndios e as moto aquáticas atuarão na Operação Verão, a mais importante operação anual do Corpo de Bombeiros na fiscalização e apoio nas praias, rios e igarapés, salvando vidas e evitando acidentes neste período de veraneio. Importante que possamos entender a necessidade de equipamentos modernos para proteger a nossa tropa, que garantam que possa prestar um bom serviço, mas esteja protegida”, declarou o governador do Estado. 

O secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, explica que os investimentos na tropa refletem benefícios na população. “Esses investimentos são fundamentais para que eles possam dar o melhor para a sociedade. Os bombeiros trabalham normalmente, no seu dia a dia, expondo a sua vida em prol de desconhecidos para que possam preservar vidas e patrimônios alheios”, conclui.

Fonte: Agência Pará/Foto: Bruno Cecim/Ag Pará

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo