quarta-feira, maio 22, 2024
Desde 1876

MEC quer impor EAD com 50% de aulas presenciais; entenda

O Ministério da Educação (MEC) quer homologar uma decisão do Conselho Nacional de Educação (CNE) da última semana, que trata sobre a Educação a Distância (EAD) nas universidades brasileiras.

Se a medida prosperar, os cursos de licenciaturas e pedagogia serão oferecidos apenas no formato com 50% da carga horária presencial.

As instituições de ensino reclamam que essa implementação inviabilizará a formação de profissionais de educação. Outro ponto abordado é que os alunos mais pobres, ou que residem em cidades pequenas, serão os mais prejudicados.

O Ministério da Educação chegou a divulgar, no início do mês, uma pesquisa onde somente 450 cursos de ensino superior no formato EAD conseguiram notas 4 ou 5 no chamado Conceito Preliminar de Curso (CPC), ou seja, aproximadamente 26,6% dos cursos analisados.

CPC é uma métrica obtida a partir do desempenho dos alunos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e dos professores, além de considerar a estrutura física das unidades de ensino. Em contrapartida, informações do movimento “EaD Inclui” evidenciam que cerca de 35% dos municípios só têm acesso ao ensino superior via EAD.

Quanto à formação de professores, o número é ainda mais alarmante. Dentre os 789 mil alunos que ingressaram em cursos de licenciatura em 2022, 81% aderiram à modalidade de ensino a distância, de acordo com o Censo da Educação Superior.

Fonte: Pleno News/Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo