quinta-feira, maio 30, 2024
Desde 1876

Governo do Estado investe em ações voltadas ao bem-estar da população idosa

A promoção de atividades físicas, artísticas, culturais e de lazer estão entre as principais iniciativas do governo do Estado voltadas ao bem-estar do público da terceira idade. O objetivo é proporcionar melhoria na qualidade de vida e cuidados preventivos com a saúde dessa faixa etária. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indica, segundo dados de 2022, que há 29 idosos para cada 100 crianças no Pará. No Censo de 2010, o índice era de 15,3, o que para o Instituto “evidencia o processo de envelhecimento da população”.

O Programa “Vida Ativa na Terceira Idade”, da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), é uma das iniciativas estaduais. Atendendo cerca de 750 alunos com mais de 50 anos, o Programa oferece atividades gratuitas, como aulas esportivas, bailes de Carnaval, festas, jogos internos, entre outras formas de confraternização.

“Sabemos o quanto a prática de atividades ajuda também na saúde mental, na autoestima, e estimula a produção de endorfina, causadora do bom humor. Enfim, são diversos os benefícios. Estes momentos auxiliam também na interação e socialização com outras pessoas. É um programa de extrema importância na vida desses idosos; eles gostam muito”, ressalta o titular da Seel, Cássio Andrade.

Em tratamento de câncer, Maria Lucenita Paixão, 54 anos, aluna de hidroginástica do Programa, considera o “Vida Ativa” como uma grande família, e diz que a participação nas atividades foi essencial para conseguir ultrapassar esse processo difícil. “No momento mais delicado, recebi todo o carinho e acolhimento de todos os meus colegas e professoras. Fazer atividade me tirou do fundo do poço, da depressão, e me trouxe ânimo. Considero uma família do coração que eu ganhei no Programa, onde um ajuda o outro a espalhar a alegria de viver”, conta Maria Lucenita.

Atividades – Cerca de 20% do público atendido nos complexos comunitários das Usinas da Paz são formados por idosos. Turmas de hidroginástica, gastronomia, costura em juta, informática sênior, oficina de smartphone para idosos, danças típicas da região, programa mover bem-estar, terapia ocupacional e atendimento psicológico são desenvolvidos, pela Secretaria de Estado de Articulação da Cidadania (Seac) nos espaços.

“As Usinas da Paz são espaços abertos para a comunidade, e é fundamental que possamos envolver todos, especialmente idosos, para que possam realizar a prática de atividades físicas, além de cuidados com a saúde. As Usinas também promovem capacitação profissional para que os idosos possam se recolocar no mercado de trabalho e gerar renda para as suas famílias”, destaca Igor Normando, titular da Seac.

O aposentado Luiz Luz, 66 anos, participa da turma de hidroginástica na Usina da Paz Jurunas/Condor, desde o início do ano. Por conta de dores na coluna, teve a indicação de começar exercício aeróbico na piscina. “Participar da hidro é uma oportunidade excelente, porque além de melhorar as minhas dores, fiz novos amigos, a gente se diverte, conversa, se exercita, e tudo sem custos. A Usina é muito importante pra nós, idosos, porque abriu um leque de atividades para fazer, manter a cabeça ativa. Eu só tenho que agradecer ao governo”, afirma.

O atendimento na UsiPaz Jurunas/Condor é realizado de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h. É preciso apresentar original e cópia dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e de vacinação.

Fonte: Agência Pará/Foto: Bruno Cecim/Ag Pará

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo