domingo, julho 14, 2024
Desde 1876

PF realiza quatro prisões em flagrante no Aeroporto Internacional de Belém

O Núcleo de Polícia Aeroportuária da PF realizou na noite de ontem, segunda-feira, 17, a prisão em flagrante de quatro indivíduos, ao acompanhar atividades suspeitas de despachantes de viagem. Foram presos três despachantes de viagem e um passageiro.

A ação ocorreu no voo Belém-Paramaribo e começou por volta de 21h. Os crimes consistem em promoção de imigração ilegal, quando os Despachantes/Agentes de viagem falsificam documentos para conseguir transportar o viajante até o Suriname, e uso de documento falso, por parte do passageiro.

Essa rota já vinha sendo monitorada pela Polícia Federal desde o ano passado, em que despachantes de viagem se valem dessa condição para enviar bagagens em nome de passageiros sem o conhecimento deles.

Essa situação foi verificada na semana passada, quando foi aberto um inquérito para apurar crime de descaminho e estelionato, devido a uma bagagem (caixa) cheia de medicamentos sem nota fiscal e sem os documentos de exportação da Receita Federal. Esse fato intensificou ainda mais a fiscalização no voo Belém-Paramaribo, o que culminou nas prisões realizadas na noite da segunda-feira.

As penas são de 1 a 5 anos, tanto para uso de documento falso e estelionato, e 2 a 5 para promoção de imigração ilegal.

Imagem: Ascom/SRPF/PA

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo