sexta-feira, junho 14, 2024
Desde 1876

Ananindeua tem menor índice de analfabetismo do Pará, diz IBGE

Ananindeua, município da região metropolitana de Belém, segue como destaque quando o assunto é educação de qualidade. O município apresenta o melhor resultado na taxa da população alfabetizada no Pará, de acordo com o levantamento “Alfabetização da População Brasileira”, divulgado na sexta-feira, 17, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) 2023, com 97,2% da população local alfabetizada.

O levantamento é realizado com recortes por grupos de idade, cor ou raça e sexo das pessoas de 15 anos ou mais de idade, além de um recorte específico da população indígena. De acordo com o índice, Ananindeua apresenta a maior porcentagem de população alfabetizada, seguido de Belém com 97,02% e Marituba com 95,61%.

O prefeito de Ananindeua, Daniel Santos, comemorou o resultado. Segundo ele, o reconhecimento é fruto dos investimentos da Prefeitura de Ananindeua em políticas que garantem mais oportunidades educacionais aos estudantes do município. “Nós temos o menor índice de analfabetismo no estado do Pará. Fruto de investimento em nossos profissionais de educação, na requalificação das escolas existentes, além de investimento em abertura de novas escolas. Tiramos Ananindeua de colocações que não tínhamos o que comemorar. Vamos seguir trabalhando e construindo cada vez mais uma cidade melhor”, destacou o prefeito.

A secretária da Educação, Ana Paula Renato, reforçou a importância do projeto “Alfaletra Ananindeua”, criado na gestão do prefeito Daniel Santos. Segundo ela, surgiu em 2021, o movimento “Educa Ananindeua”, que é um movimento coletivo, de laços colaborativos, objetivando a garantia do direito de todo aluno aprender, e com eles surgiram projetos para somar, como o Alfaletra, que é especiifco para alfabetização. “A prefeitura investiu em materiais de apoio pedagógicos específicos, formações continuadas, avaliações diagnósticas, processos de monitoramento de ensino e aprendizagem, com o objetivo de reforçar a aprendizagem dos alunos, que vieram da pandemia, preenchendo as lacunas de aprendizado”, explicou.

Investimentos na educação

O resultado positivo na redução do índice de analfabetismo no município, é reflexo dos investimentos que a atual gestão vem fazendo ao longo desses três anos. Sendo a segunda maior população do estado do Pará, Ananindeua saiu de um total de 38 mil alunos matriculados em 2020, para 41 mil alunos em 2023, isso devido a facilidade na matrícula dos alunos, que agora é toda feita de forma digital.

Atualmente a rede municipal de educação conta com 94 escolas, sendo 69 revitalizadas e requalificadas, abertura de 8 novas escolas, ampliação da refrigeração nas salas de aula, saindo de um total de 200 centrais de ar em 2020, para mais de 1.200 centrais instaladas. Além disso, os Centros Municipais de Educação Infantil foram também contempladas com os chamados “Quintais Pedagógicos”, espaços para aprender brincando, salas de aula a céu aberto, espaços para vivências e aulas de trânsito para que o aprendizado seja além da sala de aula.

Com uma proposta de educação integral, a Escola do Futuro vai contar com uma estrutura física diferenciada, com espaços interativos e construtivos, além de um corpo docente com dedicação exclusiva e gestão integrada. Vai ser uma escola de portas abertas, com oferta de modalidades esportivas e outras ações, tornando-se assim, um complexo socioeducacional.

Imagem: Leandro Santana/Ananews

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo