segunda-feira, julho 22, 2024
Desde 1876

Brasileiros são demitidos da embaixada da Hungria na capital federal

A embaixada da Hungria dispensou ao menos dois de seus empregados brasileiros em resposta ao vazamento de filmagens internas que registraram a visita do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) durante o Carnaval, em um contexto de investigação por suposta tentativa de golpe de Estado. Foi apurado pela CNN que, mesmo sem evidências concretas do envolvimento dos funcionários na divulgação das gravações, a embaixada húngara decidiu pela demissão dos brasileiros que possuíam acesso ao equipamento que transmitia as imagens ao vivo.

Após a divulgação de que Bolsonaro havia passado duas noites na embaixada, local onde não poderia ser detido, a representação diplomática iniciou uma investigação interna para determinar como a informação e os vídeos chegaram à mídia.

Fonte e imagem: Reprodução/CNN

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo