quarta-feira, abril 17, 2024
Desde 1876

Empresários são alvos de ação que busca financiadores do 8 de janeiro

Polícia Federal prendeu, nesta quinta-feira, 29, no bojo da 25ª fase da Operação Lesa Pátria, três investigados de suposto envolvimento com o financiamento e fomento dos atos de 8 de janeiro do ano passado. Entre os alvos da ofensiva estão os empresários Joveci Xavier de Andrade e Adauto Lúcio Mesquita, sócios da rede de supermercados Melhor Atacadista.

A corporação vasculha 24 endereços em sete estados e no Distrito Federal em busca de provas sobre a ligação dos alvos com os atos. Além disso, cumpre sete ordens de monitoramento eletrônico. As diligências são realizadas no Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Tocantins, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Espírito Santo e Distrito Federal.

Os mandados para a ação desta quinta foram expedidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). O magistrado ainda determinou a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados, no valor de até R$ 40 milhões – montante estimado dos danos causados ao patrimônio público no 8 de janeiro.

Permanente, a Operação Lesa Pátria apura supostos crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

Imagem: Agência Brasil

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo