quinta-feira, maio 30, 2024
Desde 1876

Helder Barbalho vai ao Acre para o 27º Fórum de Governadores da Amazônia Legal

O governador Helder Barbalho participa nesta sexta-feira, 12, do 27º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, que acontece em Rio Branco, no Acre. O evento reúne 54 secretários de estados, nove governadores e ministros do Governo Federal para discutir questões cruciais relacionadas à região amazônica, como queimadas, desmatamentos e crimes transfronteiriços.

Representando o Pará, estão no encontro os secretários: Mauro O’de Almeida, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas); José Cristiano Nunes, adjunto da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SEAF); Giovanni Corrêa Queiroz, chefe da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuária e da Pesca (Sedap); Bruno Kono, do Instituto de Terras do Pará (Iterpa) e; Úrsula Vidal, da Secretaria de Estado de Cultura (Secult).

“Aqui, nesta edição do Fórum, os debates têm se concentrado em temas como o combate às queimadas, ao desmatamento e demais ilícitos ambientais, mas nós, do Estado que vai sediar a COP 30 e, principalmente, do Estado que tem se destacado com a inovação e o pioneirismo da política ambiental, estamos trazendo para cá o conjunto de políticas e projetos já implementados, com destaque para a bioeconomia, assim como também estamos buscando nas experiências dos outros estados da Amazônia Legal o compartilhamento de experiências e soluções para desafios comuns e históricos. No Pará, o nosso foco é na transição para uma economia de baixo carbono, com foco na economia da floresta, e oportunidades como essa, de discutir soluções com os nossos pares são fundamentais”, destaca o secretário Mauro O’de Almeida, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas).

Entre os participantes do Fórum pelo Governo Federal estão a ministra Marina Silva, do Meio Ambiente e Mudanças do Clima; o ministro Paulo Teixeira, do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar; Wellington Dias, do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome; e Aloizio Mercadante, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“O fórum deverá constituir um momento relevante para a articulação de políticas e ações que visem o desenvolvimento sustentável da região, reafirmando o compromisso dos estados com a preservação do meio ambiente e o bem-estar das comunidades locais”, antecipa o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (Seaf), José Cristiano Martins Nunes, sobre a expectativa para o evento. Devem entrar na pauta ainda discussões relacionadas aos recursos do Fundo Amazônia e o Plano de Mitigação das Mudanças Climáticas.

Ontem, 11, foram realizadas reuniões das câmaras setoriais, visitas técnicas e plenárias sobre eventos climáticos extremos. O segundo dia terá uma Assembleia Geral dos Governadores e reuniões com presidentes dos Tribunais de Justiça de toda a Região Norte, além de uma reunião governamental para discutir informes gerais, agenda política e assinaturas de cooperação.

Além dos debates e reuniões, o fórum também reserva momentos de cultura e lazer, como apresentações artísticas e um circuito cultural pelo Acre. O objetivo principal do evento é buscar soluções inovadoras e sustentáveis para os desafios enfrentados pela Amazônia Legal, consolidando esforços em prol do desenvolvimento econômico e social da região, sempre com o compromisso de preservação ambiental e respeito às comunidades locais. O fórum representa um importante passo na construção de políticas públicas eficazes para a maior floresta tropical do mundo.

Imagem: Marco Santos / Agência Pará de Notícias

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo