sábado, maio 25, 2024
Desde 1876

Investimentos do Estado reforçam ações na Educação pública do Pará

No Dia Mundial da Educação, celebrado neste domingo (28), o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), reforça o compromisso em garantir acesso e qualidade de ensino para todos os 550 mil estudantes da rede estadual. Investimentos expressivos na garantia da Alfabetização na idade certa, materiais pedagógicos, educação ambiental, valorização profissional, infraestrutura e parceria com municípios são algumas das ações que destacam a educação como prioridade no Pará.

“O ano de 2023 marcou um período crucial para a educação no Pará. Temos pela frente a COP 30 (Conferência Mundial do Clima) em 2025, e o Encontro Global de Jovens e Meio Ambiente, que será realizado ainda este ano. Estamos unindo todas as vozes em busca de uma transformação através da educação, que deve ser o ponto de partida para todas as nossas iniciativas. Os progressos são essenciais para garantir uma educação pública de qualidade para todos. Neste Dia Mundial da Educação, temos muitos motivos para celebrar, na certeza de que seremos o estado que mais cresce em educação. Seguimos em frente para mais um ano de grandes conquistas para a educação no Pará”, afirma Rossieli Soares, Secretário de Estado de Educação (Seduc).

Alfabetização na idade certa – Com o programa “Alfabetiza Pará”, o Pará dobrou o número de crianças leitoras, alcançando 47% na avaliação de fluência leitora. O programa tem desenvolvido papel fundamental na busca por resultados significativos na alfabetização de crianças na idade certa em todos os 144 municípios paraenses, com formações e avaliações contínuas, distribuição de materiais pedagógicos regionalizados e o estreitamento de relacionamento com as Secretarias Municipais de Educação. 

A pequena Yasmin Valentina Souza, de 7 anos, estudante do 2° ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Gregório de Almeida Brito, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, está quase se tornando uma leitora fluente e conta como tem sido o processo de aprendizado. “Eu ainda estou aprendendo, mas já aprendi muito porque a minha professora do ano passado ensinou a leitura e a gente escrevia. Eu fazia a leitura do caderno para aprender e deu certo. Eu gosto muito de estudar, aqui na escola a gente estuda quase tudo como matemática, língua portuguesa e ciências. Dessas matérias, eu gosto mais de matemática, gosto dos números”, disse.

Autonomia – O Programa Dinheiro na Escola Paraense (Prodep), criado pela Seduc, é uma das estratégias desenvolvidas para fortalecer a autonomia necessária ao bom funcionamento das unidades escolares. A direção, com a parceria ativa do Conselho Escolar, passa a ter recursos disponíveis para fazer investimentos que atendam às necessidades específicas de cada escola. Atualmente, 579 escolas da rede pública estadual já receberam a primeira parcela dos recursos, que totalizam mais de R$ 62 milhões. 

Além dos repasses expressivos inéditos para as escolas da rede estadual, o Governo do Estado, por meio da Seduc, tem investido ativamente na reconstrução de unidades escolares por todo o Pará. Até o momento, o Estado já realizou a entrega de 137 escolas totalmente reconstruídas e equipadas. 

Educação Integral – As escolas de Tempo Integral são prioridade para o Governo do Estado. Para 2024, houve o aumento 33 novas escolas, totalizando 113 unidades no modelo de ensino integral e mais de 17,7 mil novas vagas, totalizando 35,9 mil vagas integrais na rede estadual de ensino.

Educação ambiental nas escolas – O Pará é o primeiro estado do Brasil a garantir, em todas as etapas do ensino, um componente curricular obrigatório de Educação Ambiental nas escolas estaduais para fomentar o pensamento e a prática sustentável de forma contínua. A Seduc oferece, já neste primeiro semestre, o componente de Educação Ambiental, Sustentabilidade e Clima para toda a educação básica, de forma obrigatória nas escolas estaduais e, por adesão, nas municipais.

Mais segurança – Lançado em 2023, o programa Escola Segura, articulado pelas Seduc e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), é uma das iniciativas desenvolvidas para garantir a segurança no ambiente escolar. A partir do programa, a Seduc estabelece o Núcleo de Segurança e Proteção Escolar com oficiais da Polícia Militar e assessores de segurança pública no órgão central para monitoramento e planejamento de ações a partir de ocorrências, assim como a definição de protocolos de ação em situações rotineiras e de crises.

Pioneirismo – O “Creches Por Todo o Pará” é um programa inédito, cuja meta é beneficiar cerca de 30 mil famílias, principalmente mães em situação de vulnerabilidade social que precisam voltar ao mercado de trabalho. Mais de R$ 400 milhões estão sendo investidos na construção de 149 creches em todo o Estado, para atender crianças de 0 a 5 anos. Nos municípios com maior índice populacional serão erguidas duas estruturas.

Cada uma das unidades terá capacidade para atender mais de 200 crianças, com salas de aula, berçário, lactário e toda a estrutura necessária para a educação infantil, como área recreativa coberta, brinquedoteca, sala multiuso, auditório e biblioteca. A primeira creche do Programa foi entregue em 2022, em Belém, a Creche Professor Orlando Bitar, que atende 629 crianças atualmente, de 0 a 5 anos de idade. A previsão é de que os municípios de Oriximiná, Óbidos, Ananindeua e Curuá ganhem suas respectivas unidades ainda neste semestre.

Fonte: Agência Pará/Foto: Bruno Cecim/Ag Pará

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo