segunda-feira, maio 20, 2024
Desde 1876

Operação ‘Curupira’ passa de 1000 fiscalizações integradas e contribui para o combate ao desmatamento

O Pará continua se destacando na preservação do meio ambiente em seu território, apresentando resultados promissores de acordo com órgãos nacionais de pesquisa, além de seguir com prisões importantes como desdobramentos de ações como a operação ‘Curupira’. Instituída há mais de um ano, a operação é o braço ostensivo do Governo do Estado no enfrentamento à ilícitos ambientais.

Desde o início da “Operação Curupira” em 15 de fevereiro de 2023, com a instalação da primeira base em São Félix do Xingu, logo depois em Novo Progresso e Uruará, já foram realizadas 1.022 fiscalizações integradas em mais de 400 dias de atuação.

Os esforços empregados pela Segup, Polícias Militar, Civil e Científica, Corpo de Bombeiros Militar e Semas já resultaram na fiscalização de 144 garimpos; apreensão de 177 armas de fogo e 590 munições. Foi realizada também a apreensão de mais de 871 conjuntos de maquinários entre tratores, carregadeiras e  escavadeiras. Os agentes ainda inutilizaram 240 maquinários. 

Foram efetuadas também 68 prisões em flagrante, 23 fianças arbitradas, 34 inquéritos policiais instaurados, emitidas 82 intimações, 342 autos de infração, além de 36 termos circunstanciados de ocorrência. 

Coordenada por meio das pastas de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) e Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), a operação Curupira conta com três bases fixas instaladas nos municípios de São Félix do Xingu, Novo Progresso e Uruará. Uma quarta deverá ser instalada,entretanto, sua atuação abrange 15 municípios paraenses incluídos no Decreto Estadual Nº 2.887, de fevereiro de 2023.

O secretário de segurança pública, Ualame Machado, afirma o compromisso da pasta juntamente com os órgãos do sistema de segurança no combate aos ilícitos ambientais.

“A Secretaria de Segurança Pública, juntamente com os demais órgãosda segurança, tem atuado fortemente no combate aos ilícitos ambientais há mais de um ano dentro do âmbito da operação ‘Curupira’. Já foram inúmeros materiais apreendidos, intimações, desarticulações de garimpos e também prisões importantes. Tudo isso tem culminado na apresentação de resultados positivos de acordo com estudos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). O governo do Estado tem ampliado a atuação da operação, fortificado nossos agentes e também estruturas que têm chegado para contribuir com a atuação da ação integrada”, afirmou.

Qualificação – No mês de março, o Governo do Estado iniciou a primeira capacitação para a formação de 130 agentes de Segurança Pública do Pará, para atuarem como fiscais ambientais, ampliando assim o suporte de agentes que atuam nas ações em campo. A iniciativa, realizada por meio da Segup e Semas, integrou o Termo de Cooperação técnica entre as pastas juntamente com as polícias Militar e Civil e o Corpo de Bombeiros Militar. A capacitação permite que os agentes de todos os órgãos de segurança pública realizem autos de infração ambiental, ampliando de forma significativa o alcance da fiscalização ambiental durante as ações em todo o território paraense.

Fonte: Agência Pará/Foto: Ascom/SEGUP

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo