quarta-feira, maio 29, 2024
Desde 1876

Oportunidade: Equatorial Pará abre inscrições para o Programa Escola de Eletricistas 2024

Em parceria com o Senai, programa de qualificação gratuita vai oferecer 75 vagas para cursos que visam formar profissionais para atuação no setor de distribuição de energia elétrica em Belém, Castanhal e Santarém.

A Equatorial Pará abriu inscrições para a edição 2024 do programa Escola de Eletricistas, que oferece formação gratuita para quem deseja atuar no setor de distribuição de energia elétrica. Ao todo, são 75 vagas abertas no estado, divididas em turmas em Belém, Castanhal e Santarém, para os cursos que serão ministrados em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizado Industrial (Senai). O edital já está disponível no site escoladeeletricistaseqtl.com.br e as inscrições podem ser realizadas a partir desta quinta-feira, 2 de maio.

A formação é direcionada para homens e mulheres maiores de 18 anos, que possuam diploma de conclusão de ensino médio e carteira nacional de habilitação (CNH) categoria B definitiva, dentro do prazo de validade. Em cada uma das três cidades serão disponibilizadas 25 vagas por turma, sem vínculo empregatício, a partir da aprovação em todas as etapas do processo seletivo

De acordo com Márcio Caires, presidente da Equatorial Pará, o mercado de trabalho no setor elétrico está aquecido e a Escola de Eletricistas é uma oportunidade para quem deseja entrar na área. Ele destaca, também, que o curso é um projeto que transforma a vida dos alunos e que nesta edição novos municípios paraenses receberão a iniciativa.

“A Escola de Eletricistas é um sucesso. Desde 2022, já formamos diversas turmas. E, desta vez, estaremos em Belém, Santarém e Castanhal. É uma excelente oportunidade para quem procura qualificação profissional. É um projeto que impacta positivamente quem participa porque, além do ensino, o curso também oportuniza e potencializa a empregabilidade”, afirma Márcio Caires.

A qualificação possui carga horária de 40 horas semanais, totalizando 480 horas do curso profissionalizante e 112 horas de curso comportamental, que visa apoiar o aluno no desenvolvimento de habilidades cognitivas como raciocínio lógico, comunicação, relacionamento interpessoal e estruturação do Projeto de Vida. A duração aproximada do programa é de quatro meses e, durante esse período, será ofertada uma ajuda de custo mensal para auxiliar o aluno na conclusão da formação.

O processo seletivo será realizado em etapas, sendo todas de caráter eliminatório e/ou classificatório. A divulgação da lista de candidatos aptos para a realização da prova objetiva, tendo como critério o atendimento aos requisitos estabelecidos no Edital, será divulgada no site escoladeeletricistaseqtl.com.br de acordo com o cronograma previsto no Edital de cada município.
Vale destacar que, nesta edição, além dos três municípios do Pará, haverá abertura de vagas para a Escola de Eletricistas 2024 também em cidades de estados como o Maranhão, Piauí, Alagoas, Rio Grande do Sul e Goiás, onde o Grupo Equatorial atua.

Resultados – Desde o início do projeto, em 2022, a Escola de Eletricistas já formou 1.134 novos profissionais para a atuação no setor elétrico, nos estados de concessão do Grupo Equatorial. Destes, 317 são mulheres, entre elas Jorgiane Souza, eletricista formada na primeira turma do curso em 2022, no Pará, e que hoje está no mercado de trabalho.

“Estou há 1 ano e 5 meses empregada como eletricista em uma empresa parceira da Equatorial Pará. Eu tive uma grande mudança de vida, pois, através do curso, consegui ter a oportunidade de me qualificar profissionalmente e ingressar nessa carreira que tenho muito orgulho. Tenho certeza que a Escola de Eletricistas vai transformar a vida de muitas pessoas, assim como transformou a minha”, comenta Jorgiane.

Sustentabilidade – A Escola de Eletricistas é um programa que está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), especialmente o 4 que visa promover educação de qualidade, mas também atende aos Objetivos 1 (erradicação da pobreza), 5 (igualdade de gênero), 8 (trabalho decente e crescimento econômico) e 10 (redução das desigualdades), até 2030.

Todos esses compromissos reforçam o objetivo maior do Grupo Equatorial em contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e um futuro cada vez melhor.

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo