quarta-feira, julho 17, 2024
Desde 1876

Oriente Médio: Grupos terroristas lamentam morte de líder do Irã

Nesta segunda-feira (20), os grupos Hamas, Houthis e Hezbollah emitiram notas lamentando a morte do presidente do Irã, Ebrahim Raisi, que faleceu no domingo (19), após um acidente de helicóptero.

Com a confirmação da morte do líder iraniano, o Hamas – grupo terrorista da Faixa de Gaza – se pronunciou lamentando o falecimento do presidente e desejando que o país seja capaz de superar a grande perda.

– Estamos confiantes de que a República Islâmica do Irã será capaz – com a ajuda de Alá – de superar as consequências desta grande perda, uma vez que o querido povo iraniano tem instituições fortes capazes de lidar com esta grave provação – diz o grupo que recebia apoio de Raisi.

Os Houthis, milícia que controla a maior parte do Iêmen, representado por Mohamed Ali Al-Houthi, também emitiram uma nota de pesar endereçada aos cidadãos do Irã e à liderança.

– Nossas mais profundas condolências ao povo iraniano e à liderança iraniana. O povo iraniano continuará a ter líderes leais ao seu povo – diz o alto funcionário do grupo terrorista (segundo classificação dos Estados Unidos).

Com sede no Líbano, o Hezbollah emitiu uma nota também, comparando o presidente do Irã com “um irmão mais velho” e destacando o bom relacionamento com o líder político falecido no trágico acidente que também matou o ministro das relações exteriores, Hossein Amir-Abdollahian, e todos os demais tripulantes.

– Conhecemos de perto Sua Eminência, o presidente mártir, há muito tempo. Ele era para nós um irmão mais velho, um forte apoiador e um defensor ferrenho das nossas questões e das questões da nossa nação, especialmente Jerusalém e Palestina, e um protetor dos movimentos de resistência – diz o grupo libanês.

Fonte: Pleno News/Foto: EFE/EPA/Abedin Taherkenareh

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo