sábado, julho 20, 2024
Desde 1876

Em meio a chuvas, barragem se rompe no Rio Grande do Sul

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), informou na tarde desta quinta-feira (2) que a barragem 14 de Julho, em Cotiporã, no nordeste gaúcho, se rompeu parcialmente. De acordo com o gestor, o ocorrido deve fazer com que o Rio Taquari, localizado na região, tenha curso livre.

– Nós recebemos, há pouco tempo, a informação do rompimento da ombreira direita da barragem 14 de Julho (…). O efeito não vai ser de uma devastação, enxurrada, mas vai ter o curso livre do Rio Taquari – declarou.

A Companhia Energética Rio das Antas (Ceran) informou que o rompimento aconteceu “devido ao contínuo aumento da vazão do Rio das Antas e das fortes chuvas que atingem o estado”. A Ceran também destacou que a Defesa Civil foi comunicada. Aos moradores, o governo gaúcho disse que moradores de municípios próximos da barragem devem procurar regiões mais altas.

Após o rompimento, a prefeita Gisele Caumo, gestora de Santa Tereza, cidade vizinha à barragem, fez um apelo para que moradores deixem o local.

– A barragem 14 de Julho foi rompida. Por favor, estou pedindo, se tiver ainda alguém em Santa Tereza que está em área de risco, por favor, se desloque para os municípios vizinhos ou venha aqui para o salão da comunidade da Linha Graciema Baixa [local entre Bento Gonçalves e Santa Tereza, que faz parte da Comunidade Nossa Senhora das Graças] – disse.

CHUVAS NO RIO GRANDE DO SUL
Até esta quinta, 24 pessoas já morreram em decorrência das fortes chuvas que caem sobre o estado. A Defesa Civil registrou 13 mortes enquanto o Corpo de Bombeiros e a Brigada Militar (BM) confirmaram outros 11 óbitos. O número de desaparecidos, por sua vez, é de 21 pessoas.

Ao todo, 147 cidades registraram transtornos, como inundações, quedas de barreiras e deslizamentos de terra. As áreas mais atingidas são as regiões Central, dos Vales, Serra e Metropolitana de Porto Alegre. Conforme a Defesa Civil, 67,8 mil pessoas já foram atingidas pelos efeitos do mau tempo, sendo que 14,5 mil moradores tiveram que deixar suas casas.

Fonte: Pleno News/Foto: Reprodução/Print de Vídeo

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo