quarta-feira, maio 29, 2024
Desde 1876

Segup coordena Operação CPNU em 17 municípios paraenses no Concurso Unificado

No Pará, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), coordena as ações de segurança para a realização das provas do Concurso Público Nacional Unificado no próximo domingo (5).

Aproximadamente 2 mil agentes de segurança pública, entre efetivo locais e reforço, estão mobilizados para as ações na logística de distribuição das provas e durante o certame que será aplicado em 17 municípios paraenses. 

Segundo os dados divulgados pela comissão organizadora, mais de 2 milhões de candidatos participam do certame em todo o Brasil. O Pará ocupa a sexta colocação com o maior número de inscritos dentre todos os estados da federação, com 118.876 candidatos que realizarão as provas em 284 estabelecimentos de ensino em 17 municípios do Estado. 

O titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, informou sobre o planejamento feito, a exemplo da Operação Enem, para a maior segurança e ordem durante a aplicação das provas. A ação no Pará tem a parceria das forças de segurança federais e municipais, para que tudo ocorra dentro da normalidade e os candidatos realizem as provas em clima de tranquilidade.

“Estamos com quase 2 mil agentes de segurança pública mobilizados para essa ação, que conta com a participação de diversos órgãos da esfera estadual, federal e municipal para que o certame possa ser realizado com total apoio e integração dos órgãos envolvidos. As ações iniciaram há alguns meses, com o recebimento de informações dos órgãos federais, em seguida o planejamento integrado pelo Estado, para que tudo possa ser feito de maneira segura e assertivo como em todas as nossas grandes operações. Então, faremos a escolta dessas provas por meio da Polícia Militar em conjunto com os Correios, para que elas possam chegar de forma segura. Além disso, nosso efetivo foi reforçado nos municípios onde a prova será aplicada para garantir as rondas e manter a presença nas vias próximas aos locais de prova para que todos possam realizar o certame com tranquilidade e dentro da ordem”, afirmou. 

As atividades dos órgãos de segurança iniciam a partir das 6h30 com a ativação dos Centros Integrados de Comando e Controle Estadual (CICCS) e Regionais, que vão garantir o acompanhamento desde o início da logística de escolta das provas feita pela Polícia Militar, que monitora o deslocamento dos malotes das provas, até os locais onde serão aplicadas, até a finalização das provas e a escolta reversa, que é o retorno dos malotes de provas até a central onde ficarão armazenadas e posteriormente encaminhadas ao Estado onde serão corrigidas. 

CICCs Estadual e Regionais – Entre as estratégias da segurança pública para monitorar as escoltas e distribuição das provas realizada por meio dos Centros Integrados de Comando e Controle Estadual e Regionais (CICCR), 12 municípios contarão com os Centros, entre eles: Abaetetuba, Capanema, Paragominas, Breves, Tucuruí, Marabá, Altamira, Santarém, Redenção, Tucumã, Itaituba e Parauapebas. 

Todas as unidades serão coordenadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle Estadual, instalado em Belém, que abrange também toda a Região Metropolitana de Belém (RMB). Assim como na Capital, os 12 centros nos outros municípios do Pará, reunirão representantes das forças de segurança das esferas estaduais, municipais e federais, bem como, dos órgãos envolvidos diretamente na realização do certame, a fim de agilizar e viabilizar maior integração e  comunicação entre as instituições, e ainda, garantir uma pronta resposta, se houver demanda necessária. 

As informações acerca dos transportes das provas, assim como, o início e finalização das atividades de distribuição, logística e aplicação do exame, bem como, ocorrências policiais, serão repassadas ao Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, localizado no Distrito Federal (DF), por meio do Sistema Córtex, que receberá informações de todos os estados da federação por meio dos Centro Integrados Estaduais. 

Videomonitoramento – Mais de 350 câmeras de videomonitoramento eletrônico, instaladas na Região Metropolitana de Belém (RMB) estarão sendo monitoradas, especialmente, nos locais de movimentação e realização das provas.  No total, quase mil câmeras estarão sendo utilizadas, em todo o Estado, para o acompanhamento e monitoramento das forças de segurança nos locais de prova, e no seu entorno, para garantir maior segurança aos estudantes. 

As ações de segurança só serão finalizadas quando todos os malotes são lacrados e redirecionados para a central onde são armazenados, para então serem enviados para o Estado onde serão corrigidos. 

Integração 

Integram as ações representantes de diversas instituições, como, Segup por meio do Grupamento Aéreo (Graesp), Centros Integrado de Operações (CIOp) e Comando e Controle (CICC) Polícias Civil, Militar e Científica, Corpo de Bombeiros Militar, Coordenadoria de Defesa Civil , Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Secretária de Administração Penitenciária (SEAP), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Força Nacional de Segurança Pública, Guardas Municipais, órgão de trânsito municipais, além da Equatorial Energia (concessionária de energia elétrica), Empresa Brasileira de Correios, a banca responsável pela a realização do certame e ainda as Secretarias municipais de Saúde e Samu.

Fonte: Agência Pará/Foto: Rodrigo Pinheiro/Ag Pará

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo