quinta-feira, maio 30, 2024
Desde 1876

Show marca os 60 anos de carreira do sambista Théo Peróla Negra

Um autêntico representante do samba e que se destacou em grandes escolas de samba de Belém, Théo Pérola Negra celebra este mês, 60 anos de carreira na música. E para celebrar este momento está marcado um show no dia 14 de abril, às 20h, no Teatro Margarida Schivasappa. O ingresso custa dois reais e mais um quilo de alimento não perecível.

O show intitulado “Théo Pérola Negra: Samba, histórias e tradições” promete encantar o público presente com apresentações de sambas históricos que marcaram a carreira do artista.

Participações – E para a festa no palco do teatro ser mais bonita, o artista recebe como convidados: Creuza Gomes, Fernando Gogó de Ouro, Ademar Carneiro, Luís Leite, Marquinho Melodia e muitos outros que fazem parte da carreira música de Théo. Será uma apoteose do samba todos reunidos no domingo, 14 de abril.

História – Ethevaldo Mascate de Sousa, conhecido artisticamente como Théo Pérola Negra. Nascido no Rio de Janeiro, sambista que dividiu o palco com Cartola, Clementina de Jesus, Nelson Cavaquinho, dentre tantos outros nomes do samba.

A trajetória de Théo Pérola Negra se inicia no Rio de Janeiro. Criado nos palcos dos teatros, a arte sempre esteve presente em sua vida. Filho de Grande Otelo, um dos mais destacados atores brasileiros do século XX, e de Cloris Deime, atriz e proprietária do Teatro Arena Club de Arte, na Barata Ribeiro, em Copacabana, no Rio de Janeiro. Théo já tinha no DNA a alma de artista, iniciou no teatro e em das viagens pelo Brasil se encantou por Belém do Pará, onde vive até hoje.

No Rio de Janeiro, o convívio com diversos artistas e a presença em várias rodas de samba, foram experiências para despertar no artista a vontade de cantar samba, fazendo bater mais forte seu coração Mangueirense.

Na década de 70, resolveu se mudar para Belém. Foi interpréte de samba da Escola Boêmios da Campinas, sendo campeão, com a interpretação do samba composto por Rui Barata E Paulo André Barata. No mesmo ano, interpretou o samba do Bloco carnavalesco Unidos de Vila Fará que também foi campeã. Em sua trajetória artística já foi emprestou a voz para interpretação da Escola Arco Ires, Bloco Xavante e fez muitas noites de festas de carnaval em diversos clubes Paraenses. Interpretou samba da Escola Quem São Eles, escola Acadêmicos da Pedreira. Atualmente é presidente da Escola Grande Família.

Serviço: Show Théo Peróla Negra: Samba, histórias e tradições – 60 anos de carreira do artista
Data: 14 de abril de 2024 (Domingo)
Hora: 20h
Local: Teatro Margarida Schivazappa – no Centur
Ingressos: dois reais e mais um quilo de alimento não perecível

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo