quarta-feira, abril 17, 2024
Desde 1876

Cenário atual da safra de soja reforça a necessidade de planejamento da lavoura

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) destacou no último relatório que o “comportamento climático nas principais regiões produtoras, sobretudo para soja e milho primeira safra, vem afetando negativamente as lavouras, desde o plantio”. Para a entidade, a produção de soja estimada é de 149,4 milhões de toneladas, o que representa queda de 3,4% se comparado com o volume obtido no ciclo 22/23. “Já se for considerada a expectativa inicial desta temporada, a quebra chega a 7,8%, uma vez que a Conab estimava uma safra de 162 milhões de toneladas”, destaca.

O estado de Mato Grosso – principal produtor de soja do Brasil – apresenta uma queda significativa na produção. De acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), a estimativa é que o estado produza na safra atual 38,4 milhões de toneladas, quase 7 milhões de toneladas abaixo dos 45 milhões da safra 22/23.

PLANEJAMENTO

Esse cenário incentiva o agricultor a colocar o planejamento de safra como um dos componentes mais importantes para minimizar ainda mais os seus riscos e garantir lucratividade. Uma das plataformas que trabalha nessa direção é o PlantUP, que reúne informações agrícolas acerca de cultivares e que permite ao agricultor aumentar a sua produtividade sem elevar seus custos. Desenvolvido pelo Grupo ATTO, proprietário da ATTO Sementes, líder em sementes de soja no Brasil, o PlantUP já possui cerca de 23 milhões de hectares para análise. 

A plataforma permite que o agricultor registre seus resultados de safra e tenha um acompanhamento de todo seu histórico por talhão. Ao compartilhar seus dados, passa a ter a visibilidade das informações de sua região para análise, e pode tomar as melhores decisões quanto a quais cultivares escolher, qual a melhor data para plantar e qual a melhor população de plantas, por exemplo. Além disso, consegue analisar seus resultados comparativamente a outros agricultores da região, de forma anônima.

A força das informações agrícolas da plataforma pode ser confirmada em números. Ao longo de 12 safras, o PlantUP tem um total de área cadastrada de mais de 23 milhões de hectares, das culturas de soja, milho e algodão. Atualmente, a plataforma, que foi desenvolvida com tecnologia brasileira, conta com mais de 2.900 agricultores cadastrados com resultados, de 596 municípios em 20 estados.

A plataforma é gratuita e 100% segura, e conta com algoritmos avançados de validação, rígido processo de auditoria, criptografia e anonimato das informações. A plataforma é simples e clara, e não tem necessidade de apoio de programadores, servidores ou qualquer parametrizador. 

Todo e qualquer agricultor de soja, milho e algodão pode ter acesso à plataforma PlantUP pelo site meuplantup.com, independentemente do tamanho da propriedade ou do nível de tecnologia aplicada. Basta se cadastrar e lançar seus resultados de safra para ter acesso às informações da sua região.

Imagem: Grupo ATTO

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo