sábado, julho 20, 2024
Desde 1876

Justiça Federal absolve Everaldo Eguchi e devolve bens apreendidos do policial federal

A 3a Turma do Tribunal Regional Federal – TRF1 determinou, por unanimidade, com parecer favorável do Ministério Público Federal – MPF, o arquivamento do processo número 1039430.39.2021.4.01.0000 que investigava o vazamento de informações por parte do Delegado da Polícia Federal Everaldo Eguchi, com a devolução de todos os bens apreendidos do policial que, em 2020, foi para o segundo turno das eleições para a Prefeitura Municipal de Belém. Na sentença, a Desembargadora Relatora afirma que “percebe-se claramente perseguição política e pessoal contra o Delegado Eguchi”.

O delegado Everaldo Eguchi, pré-candidato a prefeito de Belém pelo PRTB, declarou neste domingo, 30, estar “à disposição da população e não vou desistir agora”, sinalizando o resultado das eleições em Belém. Ele perdeu com 48,24% dos votos (364.003), no 2º turno para o candidato do PSOL, Edmilson Rodrigues.

Eguchi chegou ao segundo turno após alcançar 23,06% (167.599) no 1º turno das eleições.

“Não vou desistir, pelo contrário, agora é o início e não o fim. Daqui para frente nós vamos sentar com a cabeça fria para ver quais os próximos passos, mas com certeza continuaremos nessa caminhada política”, acrescentou o policial federal.

Imagem: Reprodução

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo