quarta-feira, junho 19, 2024
Desde 1876

Reino Unido condena garotos de 12 anos por matarem jovem de 19

Dois meninos de 12 anos foram considerados culpados nesta segunda-feira (10) por um júri por esfaquear até a morte um outro rapaz, de 19 anos, em um ataque ocorrido em um parque da cidade de Wolverhampton, no centro da Inglaterra. Os dois adolescentes, que mataram Shawn Seesahai com um facão em 13 de novembro de 2023, receberão a sentença em uma audiência em julho.

A imprensa local destacou que trata-se das duas pessoas mais jovens a serem condenadas por homicídio no Reino Unido desde que Robert Thompson e Jon Venables, de 10 anos, foram condenados em 1993 pelo assassinato de James Bulger, de apenas dois anos, em um caso que chocou o país.

Os dois adolescentes, cujas identidades não foram reveladas, também são os mais jovens a serem condenados por homicídio com faca, segundo a imprensa britânica. Na audiência desta segunda, em um tribunal de Nottingham, a família da vítima chorou e abraçou-se depois de o júri ter condenado por unanimidade os dois agressores, acusados ​​de homicídio e posse de objeto cortante.

No início do julgamento, a promotora Michelle Heeley disse ao tribunal que Seesahai, que morava em Birmingham, mas era originário de Anguila, no Caribe, havia viajado para o Reino Unido para receber tratamento de catarata.

Durante o processo, descobriu-se que o jovem de 19 anos foi atacado no ombro pelo mais baixo dos dois agressores – que, segundo uma testemunha, frequentemente carregava um facão de 42,5 cm de comprimento – antes de ser socado, chutado e esfaqueado com a arma. Um amigo da vítima conseguiu escapar correndo, mas esta tropeçou e não conseguiu fugir dos agressores.

Depois de se recusarem a testemunhar, os dois réus acabaram por fazê-lo e culparam-se mutuamente por terem infligido a facada fatal. No julgamento, soube-se que, nas horas seguintes aos acontecimentos, nenhum dos dois demonstrou remorso: um limpou o facão com água sanitária e escondeu-o debaixo da cama e ambos jogaram videogame, além de negarem saber da morte.

O júri concluiu que ambos mataram Seesahai em um violento ataque arbitrário sem qualquer provocação, razão pela qual terão de enfrentar um longo período de reclusão.

*EFE

Fonte: Pleno News/ Foto: Reprodução/Sky News

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo