quarta-feira, julho 17, 2024
Desde 1876

Prefeito é assassinado após ser detido por moradores

O prefeito de Malinaltepec, município do estado de Guerrero, no sul do México, Acasio Flores Guerrero, foi assassinado, na última sexta-feira (21), depois de ter sido detido por moradores de uma comunidade para onde se deslocou, na quinta-feira (20), para inaugurar uma obra pública.

Em nota, a Procuradoria-Geral da República (FGE), que neste sábado (22) abriu um inquérito por homicídio qualificado, informou que na última quinta-feira o prefeito foi ao bairro Guadalupe, na comunidade de Alacatlatzala, para inaugurar uma obra pública quando, depois de embates físicos, foi detido por moradores insatisfeitos que o criticaram por obras incompletas meses antes de encerrar sua administração.

Logo em seguida, sua esposa, Deyanira Bernardino Arzate, pediu ajuda às autoridades para libertá-lo.

A Secretaria de Segurança Pública de Guerrero informou que naquela noite foram ao local agentes do Exército mexicano e da Guarda Nacional, além de representantes da Secretaria-Geral do Governo e da Comissão de Direitos Humanos, mas a estrada estava bloqueada com pedras.

A primeira versão da morte do prefeito foi anunciada na tarde de sexta-feira por meio de um boletim assinado pelo comissário de Bens Comunais e pelos membros da comunidade de Alacatlatzala, no qual se informava que tinha sido assassinado na própria quinta-feira.

– Flores Guerrero apareceu às 18h30 de quinta-feira para inaugurar uma obra social. Aparentemente um grupo de pessoas o esperava e, após uma briga, com seus companheiros, foi privado de sua vida. Não se sabe o assunto de fundo – afirmou o boletim.

Os membros da comunidade se distanciaram do incidente e garantiram que não tem relação com o conflito agrário que existe há anos entre Malinaltepec e a comunidade de Alacatlatzala, uma vez que sempre respeitaram as suas autoridades.

Na noite de sexta, a prefeitura de Malinaltepec relatou os acontecimentos em comunicado, solicitou todo o peso da lei e disse que se trata de um crime que não deve ficar impune.

– Condenamos veementemente este ato atroz, um ataque que ultrapassa os limites do diálogo e da razão. Não há explicação para privar um ser humano de sua liberdade e muito menos tirar a vida de uma pessoa que amava o que fazia, que respeitava as ideologias sociais – declarou a prefeitura no comunicado.

A governadora de Guerrero, Evelyn Salgado, condenou o incidente através de uma mensagem nas redes sociais e expressou sua solidariedade e condolências aos familiares e amigos de Flores Guerrero.

– Solicitei à Procuradoria-Geral do estado de Guerrero que realize uma investigação rápida e exaustiva para identificar, localizar e levar à justiça os responsáveis ​​por este lamentável crime – afirmou.

Extraoficialmente, foi informado que o corpo de Flores Guerrero foi encontrado em sua caminhonete, na rodovia Tlapa-Marquelia.

*EFE

Fonte: Pleno News/Foto: Reprodução/ Print de vídeo YouTube El Universal

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo